"Na nossa cultura organizacional, tornar as pessoas felizes é a nossa missão e para isso, trabalhamos com qualidade." R. P.

Bem-Vindos ao nosso Blog!
Foi por acaso ...
04
Out 10

           Envelhecer bem é um conceito que começa a adquirir grande importância, uma vez que desapareceram os estereótipos negativos com que se abordam os primeiros estudos gerontológicos e que um novo optimismo se estende nesse campo que percebeu as pessoas idosas como portadoras de um potencial e capacidades nem sempre suficientemente aproveitados.

         A velhice, como outras etapas da vida, é, antes de mais uma questão biológica e psicológica, uma construção social.

Na actualidade, entende-se que os critérios para analisar o envelhecimento positivo devem ser múltiplos, a saber: uma vida longa, saúde física, saúde mental, eficácia cognitiva, competência social e produtividade, controlo pessoal e satisfação vital.

         De facto, na velhice existe um potencial de capacidades e habilidades que as pessoas podem desenvolver mediante novas aprendizagens. É por isso fundamental estimular a independência de todos os idosos dado que as condições favoráveis de saúde possibilitam manter o seu potencial para funcionarem adequadamente na sua vida pessoal e social.

         A qualidade de vida na velhice é um imperativo a que se propõem as Instituições de apoio aos mais velhos, nomeadamente, o Centro Social Paroquial do Sarzedo.

         Neste contexto, e porque se deseja vigor, vitalidade e bem-estar para os mais velhos, assinalou-se no Centro Social, no dia 1 de Outubro, o Dia Internacional do Idoso, com várias acções para tornar este dia, diferente e especial.

         Ao almoço, as crianças da resposta social “Actividades de Tempos Livres” foram oferecer uma lembrança aos mais velhos e desejaram-lhes “Um dia do Idoso muito feliz”.

         À tarde, houve bailarico, canções e muita animação, onde os mais velhos revelaram toda a sua energia, actividade e divertimento.

         De igual modo, neste dia do idoso, a participação das crianças da resposta social “Complemento de Horário”, também enriqueceu esta data, uma vez que dedicaram 3 canções aos seniores, demonstrando que nesta organização, as gerações partilham vivências e afectos.

         Depois, e para que este dia tão significativo para os idosos terminasse com a satisfação e bem-estar de todos os presentes, foi servido um lanche muito doce em ambiente familiar que permitiu a comunicação e convivência entre clientes, colaboradores e directores do Centro Social.

         Com efeito, a velhice no Centro Social é vivida como um tempo maravilhoso de vida, em que cada momento se constitui como um prazer em viver, porque os mais velhos sentem-se valorizados, estimados e felizes nesta Organização.

R. P.

publicado por CSPS às 15:58

É com alegria que acompanhamos o passar dos anos...
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Conta-gotas...
Advogados Rio de Janeiro
Advogados Rio de Janeiro
"Quem aquece as casas são as pessoas e não as paredes, por isso desejo que em todas as respostas sociais impere o carinho, a afectividade, a alegria e o respeito por aqueles a quem se prestam os cuidados". Rosário Pimentel
mais sobre mim
Os nossos Contactos:
Tel:235 205 838 Fax:235 208 698 Email: CSPSARZEDO@sapo.pt Morada: Rua Beatriz Piedade Neves, 3300-405 Sarzedo - Arganil
pesquisar
 
blogs SAPO