"Na nossa cultura organizacional, tornar as pessoas felizes é a nossa missão e para isso, trabalhamos com qualidade." R. P.

Bem-Vindos ao nosso Blog!
Foi por acaso ...
19
Jul 10

              O Centro Social Paroquial do Sarzedo é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), com sede na Freguesia do Sarzedo, Concelho de Arganil.

          Esta Instituição enquadra no seu conjunto respostas sociais da Infância e Terceira Idade, designadamente, Creche, Complemento de Horário e A.T.L nos mais novos e Lar, Centro de Dia e Apoio Domiciliário, para os idosos.

            Naturalmente que todas as respostas sociais são importantes porque respondem às necessidades das pessoas que usufruem, de um leque de serviços específicos, de acordo com a sua faixa etária.

            Para se perceber o trabalho Social que é desenvolvido, faremos uma abordagem somária da Infância e da Terceira Idade, no sentido de contextualizar o quotidiano Institucional.

 

          A infância é a primeira etapa da vida de um ser. É uma etapa básica onde ocorrem a maioria das aquisições, tais como o andar, o falar, o brincar. A criança é um ser explorador e curioso e é nesta fase que a criança está mais predisposta a vivenciar e explorar tudo o que a cerca. Assim sendo, é nesta fase que o adulto deve proporcionar à criança todas as experiências possíveis para que esta tenha uma multiplicidade de oportunidades de desenvolvimento.

          É com base nisto que o Centro Social oferece às crianças das suas respostas sociais, diversas experiências, experiencias essas bastante enriquecedoras para o seu crescimento e desenvolvimento global. Assim, todas as actividades são programadas consoante as idades, capacidades e dificuldades das crianças, de forma a que o desenvolvimento destas crianças seja o mais correcto.

            Na Creche, são focadas com maior relevo as áreas da motricidade, da linguagem e da socialização. É nesta fase que as aquisições básicas são adquiridas e portanto, estas áreas ganham especial importância, pois é na sequência destas aquisições que mais tarde surgem outras. No seguimento das competências trabalhadas na creche, é no Complemento de Horário que são trabalhadas com maior incidência a áreas do desenvolvimento pessoal e social, das regras, de como viver em sociedade, a área da linguagem e a área do conhecimento do mundo. Mais tarde, quando estas crianças passam a integrar o A.T.L., pouco tempo passam na Instituição. Esse pouco tempo é dedicado à realização dos trabalhos de casa e a algumas brincadeiras. Contudo, nesta fase, continua-se a focar a socialização, a partilha, as regras pois só assim se irão formar adultos responsáveis, jovens adultos do futuro.

            Na Terceira Idade, lidamos com um grupo-alvo muito específico, uma vez que à medida que os anos vão passando se vão acentuando nas pessoas alguns traços da sua personalidade mostrando, para quem os observa, perspectivas muito diferentes em relação ao envelhecimento e sobre o que é envelhecer.

           Nos Idosos, os dois grandes objectivos ao nível da Animação são os estímulos, tanto ao nível da motricidade como ao nível psicológico, das recordações.

            No quotidiano da Instituição, são propostas actividades tendo em conta estes objectivos, sempre com o cuidado de permitir a participação dos mais velhos, desde o mais dependente ao menos dependente, do mais brincalhão ao menos brincalhão. Assim, existem actividades mais periódicas que abrangem grande parte dos Idosos e vão ao encontro dos nossos objectivos como o “Grupo de Cantares”, “Actividade Física”, “Actividade de Saúde”, o projecto “Levar a Biblioteca aos Idosos”, “Leitura do Jornal”, entre outras desenvolvidas diariamente, mas sempre com o mesmo rumo, ou seja “Tornar os outros felizes”.

            Outro aspecto muito importante é o respeito pelo espaço das pessoas, e por isso só há interacção quando as pessoas se predispõem para a mesma, se não for essa a sua pretensão, a pessoa está onde se sente bem e há que respeitar a sua vontade sem criticar nem deixar que critiquem.

             Por vezes num senior, um pequeno momento de conversa que se dê na hora certa vale mais do que a actividade mais elaborada que se possa imaginar e muitas vezes, produz mais efeito que um medicamento neste grupo etário.

            Na verdade, numa lógica de bem-fazer ao próximo, procuramos que clientes de todas as Idades sejam felizes no espaço Institucional.

           Para isso, trabalhamos arduamente no sentido de dotar a nossa Instituição de um ambiente acolhedor, familiar, onde os afectos, a convivência e a amizade são pilares norteadores da nossa caminhada de esperança e solidariedade.

 

R.P. / F.R. / M.N.

publicado por CSPS às 17:20

É com alegria que acompanhamos o passar dos anos...
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Conta-gotas...
Advogados Rio de Janeiro
Advogados Rio de Janeiro
"Quem aquece as casas são as pessoas e não as paredes, por isso desejo que em todas as respostas sociais impere o carinho, a afectividade, a alegria e o respeito por aqueles a quem se prestam os cuidados". Rosário Pimentel
mais sobre mim
Os nossos Contactos:
Tel:235 205 838 Fax:235 208 698 Email: CSPSARZEDO@sapo.pt Morada: Rua Beatriz Piedade Neves, 3300-405 Sarzedo - Arganil
pesquisar
 
blogs SAPO